Delluka Vieira

DELLUKA VIEIRA LANÇA SEU PRIMEIRO CD “NÃO VAI TER VOLTA”

Batizado de Não Vai Ter Volta, o primeiro CD do cantor Delluka Vieira acaba de ser lançado e traz, além da faixa título, mais oito canções que desenham a identidade de um artista mais maduro após alguns anos de estrada, uma recente e intensa temporada de shows e 3 singles nacionalmente executados.

No repertório músicas que trazem os diversos estilos do sertanejo, incluindo a Trilogia da Sofrência, três canções que foram primeiramente lançadas na internet e que contam as três fases que todo amor falido obrigatoriamente tem que passar. “Frentista”, “Não Vai Ter Volta” e “Hoje Eu Não Vou Pra Casa”, ganharam webclipes que ilustram de maneira descontraída a história de um amor que não deu certo e todos os momentos daquela boa e velha dor de cotovelo. “Frentista” saiu na frente sendo entre as três, a escolhida pelo público para dar a largada, iniciando a divulgação do novo CD.

Além dessas novidades, também fazem parte desse CD 3 músicas dos EP’s anteriores do cantor:

“Interferência”, umas das faixas mais tocadas em todo Brasil, que colocou Delluka Vieira entre os dez grandes nomes do sertanejo e, que já possui mais de 1 milhão de views no youtube; “Deixa Eu Voar”, sucesso do primeiro EP, que acaba de ser regravada por George Henrique e Rodrigo com participação de Jorge e Mateus e, “Minha Pequena”, primeira música de trabalho do cantor.

Merecem destaque ainda “Não Me Pergunte Porque” que está conquistando Portugal na voz de Delluka Vieira, “Honrando Nosso Compromisso” e, por fim, “Dez Pra Uma da Manhã”, uma canção romântica que o cantor compôs durante um intervalo das gravações do novo CD.

Com mais de 40 canções de sua autoria, gravadas por ele e por outros artistas, o paulistano de 23 anos descreve-se como um cantor romântico que passeia com seu romantismo pelo sertanejo, pelo arrocha e até pela moda raiz, estilos garantidos no repertório dos seus shows.

Com Não Vai Ter Volta, Delluka Vieira encara o desafio de manter o sucesso de seus trabalhos anteriores, atingir novos públicos e garantir aos seus fãs que veio para ficar. Afinal, carisma, repertório e talento ele já mostrou que tem, e isso quem comprovou foi o público, que o colocou entre os dez nomes mais tocados em 2016.

Que venha esta nova etapa!


Deixe uma resposta